Jesus em Portugus 20130211 SUA CINCIA J RECONHECE QUE O TEMPO UM CONCEITO IMAGINRIO

0
8
apressado
Jesus atravs de John Smallman
Em 10 de fevereiro de 2013

O tempo uma barreira para sua capacidade de entender os reinos espirituais, porque praticamente impossvel para vocs no o tornarem uma parte de quaisquer conceitos ou ideias que vocs desenvolvem.

como que vocs podem ir diretamente do local A para o local B, mas preferem ir atravs de todas as outras letras do alfabeto, possivelmente mais vezes do que uma.

De A para B imediato; a outra rota leva tempo e parece interminvel, totalmente desnecessria.

E difcil para vocs darem um sentido, porque vocs medem o espao – distncia pelo cosmos – por meio da passagem de tempo (anos luz), levando concluso lgica de que vocs realmente no podem esperar, mesmo com a tecnologia mais altamente desenvolvida, ir alm do seu sistema solar.

Vocs basicamente se estruturaram para acreditar que esto restritos quando verdadeiramente no esto.

largamente uma questo de percepo ou crena – mudem suas crenas ou liberem-nas completamente, e as possibilidades se abrem exponencialmente.

Muitas de suas tecnologias de comunicao mais novas foram desenvolvidas por jovens que se recusavam a aceitar limites no que se cr ser possvel – e seus nmeros esto crescendo – ento esperem maiores avanos em todas as suas tecnologias.

Sua cincia j reconhece que o tempo um conceito imaginrio que til, mas muito limitante.

Apesar disso, em suas vidas dirias vocs o usam constantemente para programar objetivos de todos os tipos (comear seu dia, reunies, servios de transporte), ento o gerenciamento pelo tempo aparentemente uma habilidade essencial que todos precisam aprender e utilizar eficazmente se quiserem ter sucesso na vida.

Mas a vida eterna e por definio no pode fracassar!

O sucesso dela divinamente garantido.

Em pocas antigas, antes de vocs medirem o tempo to precisamente, os encontros aconteciam quando as pessoas se reuniam espontaneamente em um local de reunio.

Agora, com a pressa aloucada de todos, isto simplesmente no daria certo, e ento vocs se tornaram escravos de um conceito imaginrio mensurvel que pode ser til, mas que geralmente apenas lhes provoca enormes quantidades de estresse, pois vocs correm para cumprir prazos, e se esforam para encontrar um tempo para os verdadeiramente significativos relacionamentos em que esto envolvidos.

Aqueles dentre vocs que conscientemente conseguiram estabelecer um relacionamento mais calmo com o relgio so muito mais felizes, e, portanto, mais capazes de aproveitar os momentos em que a vida acontece – cheirando uma rosa, vendo o pr do sol, se deliciando com o sorriso das crianas.

O tempo uma inveno que vocs construram, e como utiliz-lo ou se utiliz-lo uma escolha que vocs fazem a cada momento, mesmo que vocs estejam provavelmente inconscientes dela.

Aqueles de vocs que acreditam no ter tempo suficiente para fazer o que querem, ou acreditam que precisam fazer, podem mudar essa crena.

Fazer isto reduz muito o estresse.

Aqueles de vocs que acreditam que no podem fazer porque seu trabalho exige essa crena, podem encontrar um trabalho diferente; ou se gostam do trabalho, ento mudem sua crena e vejam o que acontece.

Vocs provavelmente descobriro que essa falta de tempo que era uma preocupao lentamente se dissolve.

Nos reinos espirituais, onde vocs tm sua existncia eterna, o tempo no existe – no h necessidade dele.

Toda e qualquer coisa se manifesta assim que desejada ou pensada – instantaneamente.

assim que a Realidade funciona, e hora de a humanidade despertar e seguir seu papel nos contnuos empreendimentos criativos que a Realidade abrange.

Vocs acharo isto infinitamente mais satisfatrio do que lidar com o estresse e a presso da vida escravizada pelo tempo na iluso.

Nada to complexo, limitante e exigente poderia ser outra coisa que no ilusria!

Vocs foram criados como seres imensamente poderosos e iluminados diretamente do campo de Amor Divino em que tudo o que existe est.

Vocs escolheram experimentar uma realidade ilusria que, com o passar dos ons, lhes trouxe crescente dor e sofrimento.

hora de deixarem-na desintegrar, ruir e desaparecer para que vocs possam outra vez habitar no Amor e conscincia plena que o seu estado natural de ser.

A separao que vocs aparentemente experimentaram e suportaram na realidade ilusria que vocs construram para jogar no o seu reino.

Se vocs realmente tirarem um tempo para observar a iluso, vocs vero que ela est dividida em muitas partes restritivas e exclusivas que competem umas com as outras pelas necessidades da vida.

Na Realidade tudo que necessrio para a vida constante e abundantemente disponibilizado sem estresse ou esforo.

Ela o seu Reino, o seu Lar, o ambiente que sempre est completamente ciente de vocs e que lhes responde amorosamente, estimulando vocs a serem vocs, enquanto vocs o estimulam a ser Ele mesmo.

assim que vocs esto presentes harmoniosa e cooperativamente um para o outro na contnua cano ou sinfonia da Criao, que uma constante alegria para Si Mesma.

Seu amoroso irmo, Jesus.

Traduo: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
Respeite os crditos

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here